segunda-feira, 25 de abril de 2011

Os filmes da Disney podem conter temas homossexuais

Um animador veterano sugeriu que, se se arranjar a história certa, a corporação Disney poderá considerar fazer um filme onde o tema seja uma "família" homossexual. Andreas Deja, que é homossexual (obviamente) e que trabalhou nas produções "Beauty and the Beast", "Aladdin" e "The Lion King", declarou que a Disney é "uma companhia muito amiga dos homossexuais".

A Disney World e a Disneyland são palco das paradas gays anuais e no ano passado o estúdio nomeou o primeiro chefe de estúdio abertamente homossexual, Rich Ross.

De acordo com um site australiano, Deja disse:

Será que um dia haverá uma família com dois pais ou duas mães? Só o tempo dirá. . . . Acho que se eles [Disney] encontrarem a história certa com esse tipo de conceito, eles assim o farão. . . . Tem que ser o tipo certo de história e antes de tudo, é preciso encontrá-la.
Deja, seguindo a norma homossexual de equivaler situações nada análogas, não só fez referências a Cinderella, que fazia parte de uma família adoptada, e Aladino, que cresceu nas ruas, como também foi rápido a ressalvar que a Disney tem muitas figuras que provêem de famílias com um historial único. Deja esqueceu de dizer que ser filha adoptiva ou crescer nas ruas não equivale em nada ao vício da homossexualidade.
Nós vamos continuar com audiência familiar e basicamente continuar a fazer o que a Walt Disney queria fazer.
Não sei se o falecido Walt Disney haveria de querer ver as suas criações a serem usadas para um movimento político como a homossexualidade. Mas se quisesse, isso não seria nada de novo. Infelizmente é normal os órgãos de informação avançarem com a agenda sodomita.

No princípio deste ano o produtor duma série popular (Coronation Street) afirmou que ele usa o programa como plataforma para avançar com a agenda homossexual. Phil Collinson disse que a TV é uma excelente plataforma. O sr disse ainda:

O que é transmitido à 2f, as pessoas comentam nos pubs, clubes e nos empregos no dia seguinte. . . . É possível fazer-se uma diferença na forma como as pessoas pensam e este programa sempre teve uma sensibilidade homossexual.
O grupo homossexual Stonewall já alegou no passado ter uma forte influência nas novelas da TV ao sugerir temas simpatéticos aos seus pontos.

(Fonte)


Esta atitude de se usar a exposição televisiva para se avançar com a agenda gay pode explicar a desproporcional presença de homossexuais mas séries americanas.

Agora ficamos a saber que isso é propositado e premeditado uma vez que os produtores usam a sua visibilidade para avançar com esta e outras ideologias.

1 comentário:

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...