sábado, 23 de fevereiro de 2013

A inconstitucionalidade das leis contra o bestialismo

Um homem da Flórida, acusado de ter tido intimidade sexual com um burro pequeno que se encontrava ao seu cuidado, alega que as leis estaduais que o proibem de ter sexo com animais são uma "violação" dos seus "direitos constitucionais".

Carlos R. Romero, de 32 anos, foi preso no dia 14 de Setembro do ano passado e acusado de se engajar em actividade sexual envolvendo um animal, e de crueldade animal. A polícia alega que ele teve "relações sexuais" com um burro miniatura de 2 anos com o nome de Doodle, que se encontrava ao seu cuidado.

Mas antes do seu julgamento, os advogados de Romero deram entrada a uma moção que visava declarar as leis que proibem o sexo com animais como inconstitucionais.

Romero foi colocado sob custódia policial depois dele ter sido preso numa quinta em Ocala, onde ele trabalha, e depois de ter admitido que ele fica sexualmente excitado sempre que vê animais com cio e a acasalar.

* * * * * * *
Podem ler o resto da história nojenta aqui, mas aviso já que é horrível.

As perguntas problemáticas agora são: qual é o argumento contra o que ele alega? Se é permissível um homem "casar" com outro homem - porque o que conta é a "afectividade" e mais nada - porque não sexo com animais? Porque não o incesto?

A Caixa de Pandora que foi aberta com a normalização do homossexalismo é uma que vai ter efeitos devastadores no mundo ocidental - tal como era suposto. Devido a isto, quem se alinha contra o activismo homossexual, não o faz por ódio aos homossexuais, mas sim pelo amor à civilização e à ordem social.

Carlos Romero - Pioneiro sexual

1 comentário:

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...