domingo, 4 de janeiro de 2015

Ateu afirma: "Casamento" homossexual é uma ameaça à liberdade

Comentador ateu declara que o "casamento" homossexual "atacou a liberdade" em todos os locais onde ele foi implantado. Brendan O’Neill, editor da revista online com o nome de Spiked, avisou que a redefinição do casamento é "um Cavalo de Tróia tendo em vista a implantação duma nova moralidade".

Ele fez os seus comentários depois da introdução uma proposta de lei em torno do "casamento" homossexual na Austrália. O’Neill criticou os defensores do "casamento" por estes tentarem estabelecer uma paralelo entre a liberdade e a redefinição do casamento:

Em todos os sítios onde o "casamento" homossexual foi estabelecido, a consequência foi uma diminuição da liberdade - e não um aumento da mesma. O amor e o  casamento podem caminhar juntos como o cavalo e a carruagem, mas a liberdade e o "casamento" homossexual certamente que não.

O’Neill salientou o caso de Brendan Eich que perdeu o seu cargo de CEO no gigante americano da internet Mozilla devido à sua oposição ao "casamento" homossexual. Para O'Neill, este foi um exemplo claro onde "a liberdade para casar claramente sobrepõem-se à liberdade de consciência".

O comentador fez também referência à introdução do "casamento" homossexual na França, onde os opositores passaram a ser chamados de "inimigos ideológicos" do estado Francês. Ele descreveu também a agenda do lobby em favor do "casamento" homossexual como uma que exige "aceitação psicológica do 'casamento' homossexual por parte de todos".

Esta "nova instituição" inventada por uma pequena minoria de advogados com ternos bem passados e por agitadores, é melhor entendida como um Cavalo de Tróia em favor da instalação duma nova moralidade.


Em jeito de conclusão, O'Neill criticou o Senador David Leyonhjelm, o político Australiano que deu entrada à proposta de lei no Parlamento Federal, dizendo que "ele pensa que está a avançar com a liberdade", mas o que ele está na verdade a fazer é completar "uma tirania iniciada pelos novos autoritários no Ocidente moderno”.

- http://goo.gl/OhWn6k

* * * * * * *

Pelos vistos os não-Cristãos já se aperceberam que a agenda homossexual é uma forma de impor novas leis morais na sociedade - que não quer e nem pediu que a sua definição de casamento fosse alterada de modo a agradar menos de 2% da população total - e não algo feito para ajudar os homoeróticos.

Resistir a agenda política lgbt é resistir à tirania do governo, e não um gesto fundamentado no ódio aos homossexuais (que, em larga escala, não estão interessados em "casar").

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...