quarta-feira, 18 de março de 2015

A "homofobia" de Domenico Dolce e de Stefano Gabbana

Os dois homossexuais responsáveis pela marca Dolce & Gabbana - uma das marcas de moda mais importantes do mundo - afirmam que as "famílias" homossexuais não são famílias no verdadeiro sentido do termo.

Domenico Dolce e Stefano Gabbana, ícones do mundo da moda, parceiros de negócios há décadas, e parceiros sexuais até se terem separados há alguns anos atrás, não só não apoiam o "casamento" homossexual, como vêem a público criticá-lo.

Numa entrevista dada à revista Panorama e traduzida para a LGBT News Italia, a antiga dupla e designers bilionários veio a público de maneira decidida:

A única família que existe é a família tradicional. Nenhuma descendência química ou útero alugado: a vida tem o seu ciclo natural, e há coisas que não deveriam ser alteradas.

O site de noticias Italiano ABC.es disponibilizou mais comentários à sua entrevista para a Panorama. A procriação "tem que ser um acto de amor", disse Domenico Dolce. "Eu chamo às crianças provenientes da química, crianças sintéticas;: úteros alugados, sémen escolhido num catálogo."

"A família não é uma moda" adiciona Stefano Gabbana. "Nela há a sensação sobrenatural de pertença."

A sua posição contra o "casamento" homossexual não é nova - é  uma que eles já defendem há anos - mas atacar "famílias" lideradas por duplas homossexuais é nova. Numa entrevista de 2013  dada ao Londrino The Telegraph, Dolce menciona, “Sou Católico practicante."

Foi perguntado aos dois designers se eles alguma vez consideraram "casar" um com o outro. "O quê?!! Nunca!" responderam eles em coro. "Não acredito no casamento [sic] homossexual" ri-se Dolce. Na Itália Católica, a sua sexualidade alguma vez foi um problema? "Não. Nunca," responde Dolce. "O mundo da moda está cheio de homossexuais."

Em 2006, Stefano Gabbana disse ao Daily Mail que "Sou contra a ideia duma criança crescer com dois pais homossexuais."


.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...