domingo, 11 de março de 2012

Empresário homossexual encontrado morto depois de "jogo sexual" que terminou mal

No dia 2 de Março um homossexual foi encontrado morto na sua casa em Nova York no que parece ter sido um caso dum jogo sexual que terminou mal. O empresário tinha os pés e as mãos amarradas e tinha a boca tapada com fita.

John Laubach, com 57 anos, conhecido na sua vizinhança por andar com o seu papagaio Bolo no seu ombro, foi amarrado a uma cama com uma corda eléctrica e teve a sua casa assaltada embora a polícia não tenha descoberto qualquer evidência de entrada forçada.

Fontes próximas afirmam que John regularmente mantinha encontros sexuais com homens jovens. A foto debaixo é dum dos homens que foi visto a entrar no seu apartamento na última vez que John foi visto com vida em público.

Quando foi encontrado, John Laubach, que mantinha o seu negócio em torno do design floral desde 2000, usava apenas uma camisa interior branca e tinha a cara tapada com uma toalha.

Uma amiga sua havia ido ao seu apartamento depois do mesmo não ter respondido a diversas chamadas telefónicas. A dita amiga chamou então o 911 pouco antes das 20:00 e depois de fazer a descoberta chocante.

Um dos vizinhos afirmou:

Eu via-o a andar por todo o lado com o papagaio no ombro. Ele parecia o Mel Gibson - mas com melhor aspecto.

O seu papagaio foi ouvido a fazer barulho por várias horas antes da descoberta do corpo.

Fonte

* * * * * * * * * * *

Não se sabe bem porquê, mas se formos a ler o artigo original, a palavra "homossexual" não aparece nem uma única vez - embora o artigo se esforce por dizer que ele "ia à igreja".

Sim, porque como toda a gente sabe, é nas igrejas que nós aprendemos a fazer jogos sexuais sado-masoquistas que podem resultar em morte. Não tem nada a ver com o homossexualismo em si. É culpa da igreja.

Isto é o que passa por "jornalismo" estes dias.

1 comentário:

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...