quinta-feira, 15 de agosto de 2013

O lado sombrio do Batman

À medida que a cultura europeia vai decaindo, os super-heróis vão ficando cada vez menos apelativos.
Os sussurros em torno do justiceiro mascarado de Gotham City foram confirmados na edição com o nome de "Erotic Lives of the Superheroes", que caracteriza Batman e Robin como uma dupla homossexual cuja vida sexual se tornou inexistente.
Escrito pelo autor Italiano Marco Mancassola, a novela retrata fantasias em torno das obsessões eróticas do Superhomem, do Mister Fantastic e da Mystique à medida que as suas habilidades heróicas vão perdendo vigor à medida que vão envelhecendo. Aclamado aquando da sua publicação na Itália, o livro, que se centra num mistério em redor dum assassinato, chega ao Reino Unido esta semana.
Segundo Mancassola, o homossexualismo é apenas um dos aspectos secretos da vida erótica do Batman. Sem dúvida que muitas pessoas ficarão surpresas por saber que o Batman tinha uma "vida erótica secreta". Falando para o The Independent, Mancassola afirmou:

O Batman sempre teve um lado muito negro e como tal, o facto de, na minha versão, ele se envolver em formas estranhas de fetichismo e levar a cabo prácticas sexuais extremas não podem não pode ser coisas surpreedentes. (...) O narcissismo é o seu abismo interior.

Fonte

* * * * * *
Sinceramente, será que existe alguma área alguma da vida pública que os activistas homossexuais não pervertam em favor da sua agenda sexual e política? 
 
Aparentemente "ter um lado sombrio" equivale a "ser sodomita". Curioso que o "lado sombrio" destas e outras "figuras"  do conhecimento público não envolvam coisas como ir à igreja ou ser um ávido leitor da Bíblia. Os "lados sombrios" invariavelmente envolvem prácticas aprovadas pelo Marxismo Cultural e pela agenda homossexualista.

Igualmente impressionante é a forma como estas figuras icónicas vão sendo gradualmente modificadas para se ajustarem à agenda da esquerda militante (especialmente se com isso for possível levar a cabo uma indoutrinação mais eficaz aos jovens).

Talvez num futuro próximo, em nome da justiça social, o Batman se dedique a combater os intolerantes Cristãos homofóbicos que se recusam a aceitar que um homem a ter atracção sexual por outro homem é normal.



..

2 comentários:

  1. Se realmente o Batman existisse, processaria essa gente, por calúnia e difamação.
    Não me assusto, pois até Jesus esses sodomitas já disseram que é bichado (gay).

    ResponderEliminar
  2. HAHAHAHA

    LOVE, BATMAN!

    “Batman – The Dark Night Rises” (2012), um blockbuster que fez mais de US$ 1 bilhão de bilheteria, foi considerado pelo escritor Andrew Klavan "o filme mais direitista de todos os tempos." Não há qualquer dúvida que é um filme político e conservador. Seu sucesso é um tapa na cara de Hollywood."

    http://www.feedbackmag.com.br/a-politica-em-batman-the-dark-night-rises/

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...