terça-feira, 10 de dezembro de 2013

A violência doméstica escocesa

O governo escocês publicou os números policiais mais recentes em torno da violência doméstica através do país, onde se verificou que a violência doméstica entre os homoeróticos subiu mais do que a violências doméstica entre os casais.

Uma análise aos 60,080 incidentes de violência doméstica ocorridos na Escócia revelam um aumento do número de vítimas masculinas com uma mulher como agressora bem como um aumento de violência doméstica entre as lésbicas e os homens homossexuais.

Foram reportados à polícia 6.9% mais incidentes de abuso doméstico entre as duplas lésbicas, e um aumento de 1.21% entre os homens homossexuais. De modo geral, houve um aumento de 0.5%.

Os casais são 2.3% de todos os relatórios em torno da violência doméstica. Uma estatística recente da Office of National Statistics apurou que 1.5% da população do Reino Unido identifica-se como sodomita, lésbica ou bissexual. Shona Robison, a ministra escocesa para a Igualdade disse:

Ninguém pode colocar em causa o nosso compromisso de acabar com a violência doméstica. Estes incidentes de violência doméstica continuam bastante elevados e os avanços na tecnologia criaram novos meios através dos quais algumas pessoas podem abusar e explorar os outros. 

É precisamente por isso que estamos a desenvolver esforços para ajudar as vítimas de tais ataques, e estamos a disponibilizar apoio financeiro considerável para ajudar as vítimas e impedir que o abuso ocorra.

Estamos a desenvolver uma nova estratégia para lidar com a Violência contra a Mulher na Escócia, e saúdo a resposta pro-activa e decidida contra a violência doméstica por parte da Polícia Escocesa, que têm feito da violência doméstica e da violação duas das suas três prioridades.


* * * * * * *
Estranho que a "ministra da igualdade" (tacho) tenha falado na violência contra a mulher sem dizer que 1) a violência contra os homens aumentou e 2) a violência contra a mulher feita por outras mulheres também aumentou. Mas essa narrativa não se enquadra na lógica esquerdista, e como tal, esses dados têm que ser colocados de lado.
.

4 comentários:

  1. Não é de se surpreender se esses dados entrarem na estatística de "homofobia". Se um gay morre atropelado ao atravessar uma rua, já entra na estatística, e o motorista é processado por ser "homofóbico". Até se o gay morrer de um ataque cardíaco, já entra pra estatística... Gay não pode morrer, pois são seres superiores, segundo os esquerdistas!

    ResponderEliminar
  2. Vai ver, ela a ministra da (Des)-igualdade a favor da mulheres e gays, vai culpar os homens , quando finalmente não puder mais esconder a violencia de uma uma mulher contra a outra, com a justificativa de que "historicamente a mulher tem sido "vítima" do homem e devido à essa "violencia",introjetada por elas, estariam exteriorizando, agora, também entre si, (mesmo que isso dure a eternidade !) , não iriam admitir que é apenas violencia e psicopatia pura e simples, mas "que seria absorvida da cultura machista e que isso levaria um tempo, para ser resolvido"!(a eternidade , p/ ser exato!).
    Obs. parenteses meus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse tipo de pensamento já existe, você acaba de citar uma coisa que já aconteceu. Uma esquerdista feminista foi estuprada no Haiti, por pessoas pertencentes a minoria oprimida que ela defende, e então não tendo a quem culpar culpou o "patriarcado opressor". É um caso conhecido. Para ver a doença mental do pensamento marxista esquerdista. É incrível, o que vocês dizem que pode acontecer no futuro já aconteceu.

      Eliminar
  3. Agora , sem faltar com respeito ao(s) editor(es) da grande central do búfalo, acredito que ele seja judeu , devido às associações, com o mal, que ele faz com o nazismo,como se uma coisa fosse sinonimo da outra, tudo bem,até concordo qua seja engraçado e é direito dele,pensar assim,embora eu não concorde, o que também é direito meu!
    Por outro lado, para ser equanime, poderíamos também citar que boa ou a maior parte do que ele e outros se referem como femiNAZI, ou GaySTAPO, se originou justamente de politicas levadas acabo por seus irmãos judeus(no caso de ser...), que foram também os grandes criadores e fomentadores do "maravilhoso' mundo do Politicamente 'correto"!
    Se esse comentário for censurado,...se for pra se utilizar do mesmo recurso crítico,.. com certeza,será, pelos "Nazi-Sionismo" e/ou "nazi-judaísmo"!

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...