quarta-feira, 1 de junho de 2011

MEC quer implantar o PortuGAY nas escolas públicas

Estes activistas homossexuais não param. Será que as crianças não tem coisas mais importantes para aprender do que o léxico que os sodomitas usam no seu dia à dia? Que coisa.

DEIXEM AS FILHOS DOS OUTROS EM PAZ, BOLAS!!



Fonte

Depois que Dilma vetou o Ministério da Educação (MEC) de distribuir o KitGay, o ministro pretende agora implantar o Portugay, uma palavra bem parecida com Português e que servirá para ensinar a cultura gay dentro das escolas.

De acordo com o Ministério da Educação, a proposta do Portugay é mostrar além da cultura gay, as palavras e gírias que são criadas e usadas no dia-dia pelas pessoas homossexuais. “Se as escolas ensinam diversos tipos de culturas, gírias e formas como as pessoas se expressam em diferentes regiões, o portugay servirá justamente para ensinar a cultura gay para as crianças nas escolas”, disse um assessor do ministro Haddad.

Quem não gostou do projeto foi o deputado Jair Bolsonaro, que inclusive havia feito campanha contra o Kitgay. Bolsonaro se revoltou dizendo: “Esse portugay também é outro absurdo. Querem ensinar as crianças a falar gírias do tipo “querida, estou rosa chiclé”. Eu acho que o governo não deve introduzir essa língua chamada de portugay nas escolas”.

Alguns deputados foram a favor da inclusão do portugay nas escolas, mas o projeto ainda vai ser bastante discutido.

1 comentário:

  1. isso tem que ser piada...alguem para o mundo que eu quero descer -.-'

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...