sábado, 5 de novembro de 2011

Líder Cristão pode ficar preso por 45 anos por não aceitar a homossexualidade como comportamento sexual normal

"O preço da liberdade de expressão é que às vezes temos que lidar com opiniões censuráveis e ofensivas. Do mesmo modo que as pessoas tem o direito de criticar a religião, as pessoas de fé têm que ter o direito de criticar a homossexualidade"

Peter Tatchell, activista homossexual inglês


O pastor peruano José Linares, fundador do Movimento Pro-Família (International CIPROFAM) pode ser condenado a 45 anos de prisão nos Estados Unidos por pregar contra o homossexualismo.

No estado de Massachusetts, as leis são tão severas em relação à mitológica "homofobia" que mais de 400 líderes religiosos já foram presos. Seria curioso saber quantos líderes religiosos muçulmanos foram presos no mesmo estado por falarem contra a sodomia.

O pastor foi preso pelo “Crime de Ódio” (seja lá o que isso fôr) e de acordo com um de seus advogados ele “está a ser incentivado pela leitura de sua Bíblia, falando de Cristo para seu companheiro de cela”. Sobre a prisão, o representante diz que lamenta a decisão do juiz e se preocupa com o caso.

Estamos preocupados com a violência dos manifestantes gays e do Estado. E como a imprensa tem sido indiferente sobre este caso, estamos tomando medidas, se tudo for favorável, ele está fora do país o mais rápido possível”, disse o Dr. James Lockett para a agência La Voz.

José Linares, quem é casado com Iris Linares com quem tem dois filhos, tem sido nos últimos meses alvo de ataques anti-Cristãos e cristofóbicos por parte dos militantes homossexuais. Se o pastor for condenado poderá passar 45 anos atrás das grades.

O processo contra ele foi movido por uma organização LGBT (quem mais?) que o acusa de ser o responsável pela morte de um jovem gay depois dele fazer um comentário sobre o homossexualismo em uma rádio.

Portanto, falar contra a sodomia é igual a matar homossexuais. Brilhante.

É tudo uma armação dos activistas LGBT, que sempre buscaram formas de o silenciar e trancá-lo numa prisão com falsos argumentos”, disso o advogado alegando que o grupo de homossexuais tem muito espaço nos órgãos de informação, fazendo pressão para que o pastor seja condenado.

Fonte

1 comentário:

  1. Eu presenciei isto ontem no meu facebook quando eu reproduzi este texto.
    Uma pró-sodomia que mora em Sao Francisco, terra dos depravados, me criticou e me ofendeu de todas as formas....
    É isto que estes doentes mentais querem, eles nao aceitam nada que seja natural..tem que ser traveco nos dias de hoje...deplorável!!

    ResponderEliminar

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...