sexta-feira, 22 de julho de 2011

Família Católica vítima de perseguição por parte da gaystapo

A CNS News informa-nos que os esquerdistas da "American Civil Liberties Union" (ACLU) entraram com um processo legal contra uma pousada em Vermont devido ao facto dos donos se recusarem a organizar uma recepção de "casamento" para duas lésbicas.

A Wildflower Inn pertence a uma "família Católica devota e praticante que acredita na santidade do casamento entre um homem e uma mulher", segundo diz a sua página no Facebook.

Nós nunca recusamos jantares ou estadia a alguém por ser gays ou lésbicas.
A ACLU diz que a "Vermont Human Rights Law" proíbe os edifícios de acomodação públicos - hotéis ou pousadas inclusivé - de descriminar com base na orientação sexual, e este é o ponto fulcral do processo legal:
Este caso centra-se apenas e só na descriminação. Quando uma companhia aberta ao público se recusa a servir pessoas apenas e só porque elas são um casal do mesmo sexo, isto não é diferente de restaurantes a não servirem pessoas por serem negras, ou empresas a não permitirem a admissão de mulheres ou Judeus. Isto é descriminação e é ilegal.
Claro que isto é pura mentira. O próprio facebook da família Católica diz claramente que "nunca recusamos jantares ou estadia a alguém por serem gays ou lésbicas". Que parte de "nunca" é que a ACLU não entende?

Segundo, o que está em causa não é o que as pessoas são mas sim o que elas querem fazer - ou seja, a família Católica é contra UM COMPORTAMENTO e não contra AS PESSOAS.

A ACLU (e todas as organizações esquerdistas) podem gritar o mais alto que puderem, mas isso não vai alterar os factos: ser contra um comportamento não é o mesmo que ser contra um negro por ser negro ou contra um Judeu por ser Judeu. Descriminar condutas e comportamentos não implica negar direitos humanos à pessoa que os pratica.

Toda a sociedade é baseada na descriminação de condutas: quem fuma não pode entrar em certos sítios a fumar. Mas se apagar o cigarro, já pode entrar. O seu comportamento foi descriminado mas mal ele abandonou o comportamento, a sua pessoa foi tratada com os mesmos direitos que o resto da sociedade.

O mesmo se passa com esta pousada: as lésbicas podem ficar na pousada o tempo que quiserem e com os mesmos direitos que o resto dos ocupantes. Mas se elas se determinam a levar a cabo UM COMPORTAMENTO MORAL que não está de acordo com a filosofia de vida dos donos, elas não o podem fazer. Os donos têm todo o direito de censurar comportamentos com os quais eles não concordem, mas a ACLU, como esquerdistas que são, não podem aceitar que haja pessoas que não concordem com a homossexualidade.


Tolerância selectiva.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Os 10 mandamentos do comentador responsável:
1. Não serás excessivamente longo.
2. Não dirás falso testemunho.
3. Não comentarás sem deixar o teu nome.
4. Não blasfemarás porque certamente o editor do blogue não terá por inocente quem blasfemar contra o seu Deus.
5. Não te desviarás do assunto.
6. Não responderás só com links.
7. Não usarás de linguagem profana e grosseira.
8. Não serás demasiado curioso.
9. Não alegarás o que não podes evidenciar.
10. Não escreverás só em maiúsculas.
.......
Os editores do blogue reservam para si o direito humano de remover comentários que não estejam de acordo com o propósito e a política do mesmo.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...